segunda-feira, 4 de junho de 2018

Quando tudo faltar

Se me faltarem os olhos para te enxergar
ainda terei a imaginação que te desenha.
Se me faltarem os ouvidos para te ouvir
ainda terei a vibração do meu coração ao te sentir.
Se me faltarem braços para te abraçar e lábios para te beijar
ainda terei sentimentos vivos que te levam alento e sabor.
Se me faltar teu olhar para admirar e adentrar-me em ti
que eu tenha a confiança em tuas palavras e em teus silêncios.
Se me faltar teu verbo no momento esperado
que eu tenha a certeza do amor que sentes por mim.
Se me faltar teus braços e teus lábios para eu encontrar-me
que eu tenha convicção no tempo que se faz necessário.
Se eu não puder ser teu colo, nem você o meu
que tenhamos fé suficiente para mudarmos tudo.
Marcia Bandeira