quinta-feira, 7 de junho de 2018

Amor único

Nossos sentidos se confundem
Pele e alma em sincronia
Te respiro
Sinto o seu suor
Navego em teu labirinto
E quando me perco
Me guio no teu olhar
Me tens inteiro
E nas curvas da minha alma
Sinto seu toque
Descobrindo o menino
Transforma meu medo em certezas
Acalma esta ânsia de fusão
Esta tempestade de amor
Que me mantem vivo
Seja meu porto
Que prometo
Mergulhos profundos
Onde não há necessidade de asas
E em voos guiados pela magia
Te encontro sem ao menos te encontrar
Te amo mesmo sem te tocar
Te quero e nada vai nos separar
Ninguém nunca vai saber
Da intensidade do nosso amor
Fernando Fêh