sexta-feira, 2 de março de 2018

Viver de amor

Seria tão bom se nos acostumássemos a medir 
Nossas vidas pelas emoções que passamos
Sorrisos, abraços, amores...
Esquecemos que o mais importante não é
Quanto tempo vivemos, mas é o que
Vivemos, o que passamos...
São as emoções que sentimos e provocamos
São as alegrias, arrepios
E até os fracassos e tristezas também
Pois nos fazem perceber o quão é 
Importante estar, se sentir e fazer o bem...
São as pessoas que encontramos e nos tocam
São as pessoas que nos deixam e deixam saudades
São os amores intensos que extraem o melhor de nós
São os amores que não são possíveis, mas que marcam
Deixando um gosto doce de um sentimento incondicional
São pequenos momentos, retalhos de tempo
Costurando com linhas invisíveis nossas vidas
Dizem que a vida é curta...mas não...
A vida é longa pra quem sabe aproveitar
Os pequenos momentos
A vida é maravilhosa pra quem sabe 
Viver de amor...
Fernando Feh
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.