sexta-feira, 16 de março de 2018

Solidão

Perdida na multidão, 
o mundo parece vazio. 
Invade-me a solidão,
num grito que silencio.

Há volta, ruído constante
e esta estranha sensação:
nunca pareceu tão distante, 
quem tenho no coração!

Preciso ter-te presente, 
sentir, de novo, emoção. 
Ser feliz, simplesmente, 
sem ter nenhuma razão.
Raquel Botellero
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.