terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Frágil

Cuidado ao tocar,
Quando for carregar,
Mudar de lugar...
Nesta caixa,
Há algo muito frágil...
Com um valor incomensurável.
A caixa torácica,
Onde se guarda o coração
O mais frágil e valioso órgão...
Tome muito cuidado,
Mas acidentes acontecem,
Se acaso se quebrar...
Guarde todos os pedaços,
Com um pouco de esperança
E encontrarás alguém para lhe ajudar a juntá-los
Reconstruindo seu coração,
Ou quem sabe esta pessoa possa te presentear,
Com o próprio coração...
Bruno Machado
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.